terça-feira, 26 de novembro de 2013

[RESENHA #69°] Um rato de três cabeças.

Um rato de três cabeças.
Retratos de uma juventude carioca.
Thales Tebet.



Carlinhos é o personagem principal da história e ele conta sobre sua história.
Onde seu pai morre, e por dentro sua mãe também. Assim Carlinhos quando pequeno praticamente fora abandonado pela mãe, restando o ódio e violência nele. Assim Carlinhos desperta em si, a vontade de se tornar Agiota logo após que recebe sua herança. Torrando todinha em pontos de prostituição, drogas e diversão, o livro mostra não só o retrato de uma juventude carioca, mas grande parte da população mundial. Este não é apenas um problema carioca, muito menos daqui. Sim, todos sabem que isso assola o mundo inteiro.

Gostei bastante da premissa do livro, e a capa retrata notas de dólares o que poderia vir a ser compatível com o livro, se ele tratasse de dólares. Eu gostei muito do jeito que foi narrado, mas eu não gostei tanto assim da escrita, nem da revisão. A escrita não é ruim, mas se houvesse revisão não iria ser tão agressivo. A diagramação é a mais simples possível. Porém, contudo e entretanto, eu adorei a premissa e a história que é contada e a escolha do nome do livro(sim, vai fazer sentindo no final). O final é surpreendente, apesar de que eu saquei quem seria a terceira pessoa assim que ele abriu a bolsa e foi explicando a primeira e segunda pessoa.
O livro leva 3 CUBINHOS perdendo apenas para a escrita e revisão. Porém é um livro rápido de ser lido e muito gostoso.

Beijos e no próximo post vou trazer que creio eu 3 ou 4 resenhas de uma vez só em um único post ou vou dividir, não sei ainda como fazer, por isso ainda não fiz. As resenhas são de uma mesma série. Ah, e também tem caixinha de correio nova.
XOXO

Um comentário:

  1. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir