sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

[RESENHA #78°] Enfeitiçadas

Esse livro é fantástico! Eu já esperava dele, mas não da forma que ele me surpreendeu. E o jeito que ele terminou me deixou com bastante raiva, porque foi na melhor parte do livro, tipo:  ''OMG, why?''

Enfeitiçadas
Jessica Spotswood





São três irmãs, Maura, Tess e Cait e uma profecia. 

'' A profecia diz que uma das irmãs será a bruxa mais poderosa a nascer em séculos - Tão poderosa que poderá causar o ressurgimento das Filhas de Perséfone ou se cair nas mãos da Fraternidade, suscitar um segundo terror. Mas apenas duas delas sobreviverão para ver o século XX... Porque uma das irmãs vai matar a outra'' 

A capa desse livro é surpreendentemente linda, vista
assim como imagem, mas quando você apega o livro em suas
mãos vê muito mais do que a imagem pode oferecer.
  A história se passa numa época passada, onde vestidos com tafetás e chás ainda são usados com frequência, na linda Inglaterra, ou melhor, Nova Inglaterra, como se é passado no livro. 

 Maura é a irmã do meio, ruiva, digamos que até pouco gótica e a que eu não gostei no livro, não pela polêmica que ela traz no decorrer, mas sim porque ela está sempre contra a irmã Cait, sobre os conceitos e sobre a magia. Cait, é a irmã mais velha, capaz de fazer magia mental, que está sempre se preocupando em guardar os segredo das irmãs em segurança, pois vivem numa época que a religião, e a proteção contra bruxas é bem forte, existe uma ''cúpula'' que estão sempre caçando bruxas para exilar a uma prisão que mais parece para doentes mentais, que é chamada de ''Fraternidade''. Tess é a mais nova, e minha personagem favorita, ela é toda fofinha, que está ajudando a irmã e coisa e tal, eu já gostava muito dela no inicio e no final ela me surpreendeu e mais ainda, (~~eu quero uma irmãzinha dessa para mim *-*).

A profecia diz também que nascerá três garotas, todas bruxas e uma delas é capaz de fazer magia mental, a magia mais poderosa entre as bruxas, o que dará grande trabalho para a Cait, como a mais velha a mesma, tem que cuidar e proteger as irmãs, não porque é uma obrigação de casa e sim porque a mãe dela morreu, e o pai vive trabalhando e estudando. Aos 17 anos todas as mocinhas devem declarar sua intenção perante a Fraternidade e ao senhor como será sua vida em diante, se será uma irmã da fraternidade, se juntar aos religiosos ou se casar. Essa é a maior dúvida no decorrer do livro, com quem se casar? Afinal ela pode escolher um partido que a ama, em termos financeiros, ou um pobre que ama. ~~ esse romance todo me faz delirar~~

O que eu mais gostei nesse livro é que juntou 2 coisas que eu gosto, bruxaria (eu amo American Horror Story) e amo a época dos vestidões e chás. E a premissa do livro me deixou muuuuito curiosa para o próximo. E se você me perguntar se ele é de terror, não, não é terror. Acho que eu nunca vi um livro com perseguição a bruxas tão doce quanto esse. Acho que talvez é por isso que eu gostei tanto dele.

Nota? inicialmente vou dar 4 estrelas porque eu achei que esse livro foi apenas uma ponta do iceberg, eu amei muito a capa é linda, a diagramação é espetacular, tem um errinho ou outro de concordância, mas até agora anda tudo perfeito, menos o final que a pessoa fica pedindo mais.

Marquei para vocês algumas tags, na qual eu amei.

'' - Não, obrigada - agradeço. Passo por Finn e me ajoelho na frente do emaranhado de rosas.- Ainda tenho o meu exemplar. Só não tenho tempo mais tempo de ler.- Essa foi a coisa mais triste que ouvi hoje - Declara Finn, e p-assa a mão pelo cabelo desalinhado. - Ler é a fuga perfeita para qualquer coisa que a aflija.Mas eu não posso fugir...'' 
 Essa tag eu gosto dela, porque mostra o horror que naquela época era não usar vestidos longos. Também era bem complexo, as mulheres não poderiam ter inteligencia se não eram declaradas como intelectuais demais e acabavam sendo declaradas como bruxas.. É por isso que eu adorei o livro, não pela limitação restrita as mulheres naquela época mas sim, pelos bailes e roupas e todo aquele amor proibido.


'' - Ouvi dizer que as garotas de Dubai usam blusas separadas da saia - Completa Rose com um sussuro escandalizado. - E às vezes calças, igual a homens!'' 

Nenhum comentário:

Postar um comentário